Conheça a história da criança de dois anos que viveu com um “gêmeo parasita” dentro de si

ANÚNCIO
Médicos descobrem feto de irmão gêmeo dentro do corpo de adolescente - 08/01/2018 - UOL TILT
Foto: (reprodução/internet)

Enquanto cerca de 3% de todos os nascidos vivos são de vários bebês, os gêmeos comumente se desenvolvem e se extinguem muito cedo no útero.

Isso ocorre muito cedo, no estágio de multiplicação celular, antes que as características se desenvolvam, ponto em que um dos dois gêmeos simplesmente “vence” e absorve o outro.

ANÚNCIO

Uma história muito estranha

Em outubro de 2013, um menino de dois anos na China, chamado Xiao Feng, disse a seus pais que seu estômago estava estranho e que ele estava tendo problemas para respirar.

Seus pais o levaram a um hospital, onde os médicos descobriram a causa das queixas fatais de Feng: dentro de sua cavidade abdominal, eles encontraram um feto não desenvolvido.

Mais fatos estranhos: Entenda a história bizarra do relâmpago que matou centenas de Renas

A massa tinha 25 centímetros de largura e sua coluna e membros haviam se formado. Era seu irmão gêmeo, e os médicos o removeram cirurgicamente, tornando Feng o raro menino de dois anos que deu à luz.

ANÚNCIO

Mas como isso aconteceu?

Gêmeos idênticos são o resultado de quando um óvulo se divide em dois após ter sido fertilizado. Já os siameses são resultado de um ovo que não se divide por completo.

Foi o que aconteceu com Feng e seu irmão gêmeo na fase de ovo, antes de Feng continuar a se desenvolver e a outra metade do ovo não. Casos semelhantes foram relatados, embora muito raramente.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Portable Press

ANÚNCIO