Demônios da Tasmânia foram reintroduzidos no continente australiano após 3.000 anos, entenda

ANÚNCIO

 

Com espécie quase extinta, nascem oito demônios da Tasmânia na Austrália » PlanetVet
Foto: (reprodução/internet)

Os demônios da Tasmânia são um dos animais icônicos da Austrália, mas estão desaparecidos na maior parte do continente há milênios. Agora, após uma ausência de 3.000 anos, o demônio da Tasmânia foi reintroduzido no continente, relata a CNN.

ANÚNCIO

Leia também: Vasos sanitários quebrados são a salvação das Ostras em Nova York: entenda o caso

Devido à competição dos Dingos, os demônios da Tasmânia foram expulsos de todas as partes da Austrália, exceto da ilha da Tasmânia, na costa sudeste do país.

O predador enfrentou outra ameaça nas últimas décadas, quando um câncer infeccioso chamado doença do tumor facial do diabo dizimou a população em 90%. Hoje, existem apenas 25.000 demônios da Tasmânia vivendo na selva.

A ONG australiana Aussie Ark é uma das organizações que lidera o esforço para conservar a espécie. Desde 2011, seu programa de criação cresceu de 44 para 200 demônios.

ANÚNCIO

Após um teste de 15 espécimes, Aussie Ark libertou mais 11 demônios da Tasmânia em um santuário de vida selvagem de 988 acres ao norte de Sydney em 10 de setembro.

Pílulas do LSD on Twitter: "Já falamos de anjos, mas agora vamos falar de demônios. Da Tasmânia. Perfeitamente equilibrado como deve ser. Segue o fio + 😈 #biothread #taz #diabo #animal #australia #
Foto: (reprodução/internet)

Os 26 animais selvagens são os primeiros a viver no continente na história moderna, e a ONG vai acompanhar seu progresso usando pesquisas, armadilhas fotográficas e colares de rádio.

O programa de reintrodução não é apenas uma boa notícia para o demônio da Tasmânia; também pode melhorar a saúde dos ecossistemas da Austrália.

Espécies invasoras, como gatos selvagens e raposas, representam uma ameaça para as populações vulneráveis, e o diabo da Tasmânia – um predador de ponta – pode ajudar a restaurar o equilíbrio.

Se o projeto for bem-sucedido, o Aussie Ark espera adicionar mais 40 espécimes de demônios ao santuário em um futuro próximo.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Mental Floss

ANÚNCIO