A vizinhança pode alterar a expressão gênica de uma criança, revela estudo

ANÚNCIO

 

Estudo revela que investir em crianças pobres pode salvar mais vidas
Foto: (reprodução/internet)

Sua vizinhança pode alterar sua expressão genética! Um estudo de [1] longo prazo no Reino Unido, publicado na Jama Network Open, descobriu que crianças que cresceram em bairros socioeconomicamente desfavorecidos mostraram diferenças em suas regulamentações genéticas na juventude.

ANÚNCIO

Esses resultados mostram que os bairros das crianças podem influenciar seu crescimento de maneiras que não havíamos previsto anteriormente. Seu ambiente pode afetar sua saúde adulta.

Leia também: A atividade física pode melhorar o desempenho escolar das crianças?

O estudo de coorte envolveu 1.619 crianças da Inglaterra e País de Gales. Os pesquisadores usaram o Estudo Longitudinal Twin de Risco Ambiental (E-Risk). É um estudo de coorte que acompanha crianças nascidas entre 1994 e 1995.

Os acompanhamentos são realizados dos 5 aos 18 anos. As informações incluíram dados de metilação do DNA. Os participantes foram escolhidos em diferentes condições socioeconômicas no Reino Unido.

ANÚNCIO

A equipe de pesquisa descobriu que as crianças que cresceram em bairros socioeconomicamente desfavorecidos mostraram uma metilação diferencial do DNA. Os genes alterados foram associados à exposição à fumaça do tabaco, poluição do ar, inflamação crônica e câncer de pulmão.

Embora a estrutura genética subjacente possa não mudar, as descobertas indicam que a epigenética ou as expressões genéticas podem mudar. Esses resultados também mostram como essas crianças eram epigeneticamente distintas de seus pares que cresceram em um ambiente mais privilegiado.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO