Conheça 5 preocupações comuns com a saúde dos Pugs

ANÚNCIO

Calcula-se que 50% dos Pugs têm problemas de saúde e que apenas cerca de 15% deles conseguem respirar normalmente.

Com uma vida útil de aproximada 12-15 anos, eles são excelentes animais de estimação para a família, mas têm suas desvantagens. Aqui estão 5 problemas de saúde comuns que os Pugs podem ter.

ANÚNCIO

1. Encefalite do Cão Pug

Conheça 5 preocupações comuns com a saúde dos Pugs
Foto: (reprodução/internet)

Existe uma condição chamada ECP, que significa Encefalite do Cão Pug. Isso significa que eles têm problemas respiratórios significativos. Isso ocorre porque o palato mole é alongado e resultará na exibição de sintomas como respiração ofegante, ronco, respiração ofegante e falta de ar.

Verifique o cachorro antes de comprá-lo para ter certeza de que ele não tem esse problema. Ou você pode verificar se a família do cachorro tem esse problema, porque é uma doença congênita. Além disso, certifique-se de que haja água potável em abundância para mantê-los hidratados.

2. Irritação nos olhos

Conheça 5 preocupações comuns com a saúde dos Pugs
Foto: (reprodução/internet)

Embora seus olhos esbugalhados os tornem muito fofos, isso significa que alguns problemas de saúde desafiadores precisam ser resolvidos por causa disso.

ANÚNCIO

Alguns desses desafios são irritação e dor, além de esbarrar em objetos que outros cães evitariam facilmente. Alguns dos sintomas incluem lacrimejamento, manchas nos olhos ou surtos de crescimento incomuns perto do olho.

3. Irritações na pele

Conheça 5 preocupações comuns com a saúde dos Pugs
Foto: (reprodução/internet)

O estado da pele é outra preocupação tanto para os donos como para o próprio cão. Isso se deve às múltiplas dobras em sua pele que foram deliberadamente criadas sobre eles. A lavagem regular da pele é uma exigência e esta é uma das razões pelas quais os cães-pug são uma raça que exige muita manutenção.

Entre as 3 doenças de pele mais comuns estão a micose do Pug, que é uma infecção fúngica, a Demodicose é uma inflamação que é desencadeada pela picada de um pequeno ácaro e, claro, alergias que podem ser notadas pelo proprietário atencioso se  os cães estiverem se mordendo ou se coçando constantemente.

Outra doença da pele que podem sofrer é o eczema. Certifique-se de levar o cão ao veterinário se notar alguma coisa fora de ordem.

4. Infecções da cauda

Conheça mais sobre a raça Pug - Vet Smart
Foto: (reprodução/internet)

As caudas dos cães Pug são enroladas e também podem ser motivo de preocupação. As infecções podem surgir com este tipo de cauda porque fará com que o cão tenha várias camadas de pele que podem ser infectadas quando o cão tem que fazer seu trabalho de banheiro.

Seu veterinário pode ajudar com este problema fazendo com que o cão seja raspado e limpo ou até mesmo realizar uma cirurgia para resolver o problema. Isso significa, é claro, que você terá que prestar atenção a esse problema potencialmente confuso.

5. Inchaço do estômago

Fotos de filhotes de pug - Clube para Cachorros
Foto: (reprodução/internet)

Problemas de estômago em cães Pug são outra característica que deve ser observada. Os cães Pug machos podem sofrer de intussuscepção, o que significa que os intestinos do cão podem se acumular dentro de si.

Deve-se ter cuidado e atenção com o tipo de comida que o cão recebe, pois isso pode desencadear vários problemas estomacais, como gases ou inchaço.

Uma pesquisa cuidadosa deve ser realizada pelos proprietários para se certificar de que eles estão cientes de todos os problemas associados aos cães Pug.

Embora sejam ótimos animais de estimação para a família, eles têm um histórico de criação mais pela aparência do que pela durabilidade e robustez. Isso levou a vários efeitos colaterais congênitos desagradáveis ​​e o dono consciencioso pode se conscientizar dos problemasque podem encontrar ao possuir um Pug.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Kickass Facts 

ANÚNCIO