Como o coronavírus revela o impacto humano na vida selvagem?

ANÚNCIO
Impacto do COVID-19 ao ecoturismo atinge vida selvagem e comunidades
Foto: (reprodução/internet)

O bloqueio global causado pela disseminação do COVID-19 também apresentou aos cientistas uma oportunidade única de estudar o impacto da atividade humana na vida selvagem.

Em um artigo publicado na Nature Ecology & Evolution, uma equipe internacional de cientistas anunciou a formação de uma ‘COVID-19 Bio-Logging Initiative’ (Iniciativa de registro biológico da Covid-19).

ANÚNCIO

O objetivo é investigar o movimento, os níveis de estresse e o comportamento dos animais antes, durante e depois do bloqueio global. Eles usarão dispositivos de rastreamento conhecidos como bio-loggers para essa finalidade.

Bio-logging helps scientists uncover sea of knowledge | The University of Tokyo
Tartaruga com dispositivo bio-logger. Foto: (reprodução/internet)

Muitos pesquisadores de animais selvagens usam esses rastreadores para coletar dados. A equipe já tem acesso a 200 conjuntos de dados para análise. As descobertas até agora mostraram alguns resultados interessantes e inesperados.

Um desses resultados pode ser visto nas redes sociais, onde as pessoas estão compartilhando o avistamento inesperado de animais selvagens como um puma em áreas urbanas.

ANÚNCIO

A redução da poluição e da interferência humana significaria a livre circulação de animais em áreas selvagens e oceanos, aponta o artigo. No entanto, algumas espécies também enfrentam desafios.

Leia também: O gelo do Ártico pode desaparecer até 2035, revela estudo

Isso é particularmente verdadeiro para animais urbanos, como gaivotas, ratos e macacos, que passaram a depender de alimentos descartados ou serem alimentados por humanos para sobreviver.

Em alguns lugares, os humanos estão migrando para áreas verdes em suas cidades, perturbando a vida animal com o aumento da atividade. Também existem preocupações com o aumento da caça furtiva.

O impacto ambiental da pandemia de coronavírus [infográfico]
Foto: (reprodução/internet)
O impacto econômico do bloqueio ampliou a possibilidade de aumento da exploração dos recursos naturais. Os pesquisadores pediram uma abordagem coordenada da comunidade internacional para a continuação do estudo após o bloqueio.

Isso poderia nos ajudar a projetar melhores políticas entre humanos e animais selvagens.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO