Conheça o relógio da Bermond decorado com pedaços de madeira da mesa de Stephen Hawking

Quando Stephen Hawking morreu em 2018, ele deixou um impacto duradouro nos mundos da física e cosmologia.

Se você está procurando uma maneira de lembrar o famoso cientista, agora você pode usar um relógio feito de partes da mesa dele e, ao mesmo tempo, apoiar seu campo.

Como relata a Esquire Middle East, a Bremont Hawking Collection é uma elegante homenagem ao gigante intelectual.

Discos de madeira e paisagem estelar

Conheça o relógio da Bermond decorado com pedaços de madeira da mesa de Stephen Hawking
Foto: (reprodução/internet)

Os relógios contêm quatro discos de madeira feitos de sua mesa pessoal. A peça de mobiliário era um dos “bens mais preciosos” de Hawking, de acordo com sua propriedade.

Além de peças de um verdadeiro móvel de sua casa, os relógios são recheados de pequenos detalhes que homenageiam o afamado físico teórico.

O mostrador é gravado com uma paisagem estelar que reflete o céu noturno que era visível sobre a Universidade de Oxford no dia em que Hawking nasceu (8 de janeiro de 1942).

Mais produtos interessantes: A ligação surpreendente entre Stormtroopers de Star Wars e fones de ouvido da Apple

Pedaços reais de meteorito

Bremont
Foto: (reprodução/internet)

Pedaços reais de meteorito embutidos no dispositivo enfatizam ainda mais sua devoção ao estudo do espaço.

Os rendimentos do relógio também serão usados ​​para continuar o legado de Hawking. Quando você compra um, parte do custo será doado à Fundação Stephen Hawking.

A organização apóia pesquisas cosmológicas e também pacientes com Doença do Neurônio Motor, a mesma condição com que Hawking vivia.

Bremont está produzindo o relógio em lotes limitados: 388 de relógio de aço inoxidável ($ 10.588); 88 do relógio de platina ($ 10.588); 88 do relógio de ouro rosa ($ 23.833); e 88 de relógio de ouro branco ($ 25.157).

O número 88 é uma referência a 1988, ano em que o livro “Uma breve história do tempo” de Stephen Hawking foi publicado.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Mental Floss