Você come muito fora de casa? Entenda os riscos desse hábito

ANÚNCIO

Mais calorias se traduzem em ganho de peso, obesidade e outros problemas de saúde ao longo do tempo.

Comer fora de casa é mais caro em Aracaju (SE) | F5 News - Sergipe  Atualizado
Foto: (reprodução/internet)

Um novo estudo acrescenta que não é apenas o número de calorias, mas também quando você come, que pode afetar sua saúde geral.

ANÚNCIO

O estudo, divulgado na revista Current Biology, usou ratos para simular a disponibilidade ininterrupta de uma dieta rica em gordura.

Demonstrou que o centro de prazer do cérebro, produtor de dopamina, e os ritmos fisiológicos do corpo estão conectados.

Comidas que causam prazer levam a excessos

Os alimentos consumidos por prazer, geralmente ricos em calorias, afetam os esquemas de alimentação pré-estabelecidos, levando a excessos.

ANÚNCIO

O estudo observou que o grupo de ratos que interrompeu a sinalização da dopamina não buscou alimentos indutores de prazer, mesmo quando eles estavam disponíveis o tempo todo.

Eles comeram de acordo com a programação alimentar normal e mantiveram um peso saudável.

Leia também: Veja se compensa consumir alimentos provenientes somente do comércio local

Uma caloria não é apenas uma caloria

“Este estilo de vida que fica aceso o tempo todo, coma a qualquer hora, reformula os padrões alimentares e afeta a forma como o corpo utiliza a energia”, disse Ali Güler, professor de biologia da Universidade da Virgínia e um dos autores deste estudo.

“Altera o metabolismo – como mostra nosso estudo – e leva à obesidade, que causa doenças. Estamos aprendendo que quando comemos é tão importante quanto quanto comemos.”

“Uma caloria não é apenas uma caloria. Calorias consumidas entre as refeições ou em horários estranhos são armazenadas como gordura, e essa é a receita para problemas de saúde.”

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO