Fomos capazes de observar a velocidade da luz no espaço interestelar com a Voyager I?

ANÚNCIO
Voyager: tudo sobre a missão espacial mais longa de todos os tempos - Revista Galileu | Ciência
Foto: (reprodução/internet)

Podemos observar a velocidade da luz (c) usando a Voyager, assim como qualquer outro objeto feito pelo homem com um sinal de rádio – o sinal em si é uma medida de c, e há um relógio interno que marca o tempo da mensagem antes de transmiti-la.

Fique por dentro: Como podemos ter certeza sobre a velocidade da luz e outras constantes?

Se um sinal for enviado às 13h e viajar 20 minutos à velocidade da luz, chegará às 13h20. Se soubermos a que distância um objeto está e a que horas ele enviou um sinal, poderemos verificar a velocidade em que o sinal viajou. Não haveria qualquer efeito em um sinal viajando por 20 minutos, além do atraso perceptível.

ANÚNCIO

Se você tentou manter uma conversa pelo rádio com alguém que estava a 20 minutos-luz de distância e fez uma pergunta, demoraria 20 minutos para que a sua pergunta chegasse até a pessoa e outros 20 minutos para que a resposta respondesse a você o intervalo entre a pergunta e a resposta 40 minutos.

Isso torna a comunicação em tempo real impossível em grandes distâncias. Atualmente acreditamos no princípio cosmológico. Afirma que as propriedades do universo são uniformes, homogêneas e isotrópicas em grandes escalas, o que inclui as constantes.

Somente por causa dessa suposição, podemos calcular distâncias de objetos muito distantes com base em seu desvio para o vermelho, por exemplo.

ANÚNCIO

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Kickass Facts

ANÚNCIO