Descubra o que são os RNA’s circulares, a possível chave para detectar o Alzheimer precocemente

ANÚNCIO

Diagnosticar a doença de Alzheimer é difícil, sendo que o diagnóstico completo só é possível com o exame microscópico das células cerebrais após a morte.

Network of diverse noncoding RNAs acts in the brain | MIT News |  Massachusetts Institute of Technology
Foto: (reprodução/internet)

Isso torna difícil para as pessoas com Alzheimer obter o tratamento correto. As descobertas de um novo estudo, que liga o desenvolvimento da doença de Alzheimer a RNA’s circulares, podem mudar isso para melhor.

ANÚNCIO

RNA’s circulares

O novo artigo de pesquisa, que foi publicado na revista Nature Neuroscience, liga loops específicos de ácido ribonucleico com o desenvolvimento da doença de Alzheimer.

Esses loops, que o estudo chama de ‘RNA’s circulares’, também estão presentes no líquido cefalorraquidiano e no sangue, além do cérebro. Isso possibilita um melhor diagnóstico dessa condição.

Os RNA”s são conhecidos por serem moléculas que carregam instruções de genes para criar proteínas.

ANÚNCIO

Mais sobre o Alzheimer: Nova pesquisa sugere que é possível reduzir o risco de Alzheimer em 60%: saiba como

Possibilidade de diagnóstico precoce

A equipe de pesquisadores que conduz este estudo analisou RNA’s completos em amostras de cérebro e comparou ainda os RNA’s circulares da doença de Alzheimer com os RNAs circulares de amostras que tinham a doença de Alzheimer.

Os resultados do estudo apontam para a possibilidade de RNA’s circulares serem usados ​​como potenciais biomarcadores para a doença de Alzheimer, provavelmente antes mesmo dos sintomas aparecerem.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO