Resumo da semana sobre o Coronavírus: 20 de Outubro

ANÚNCIO
Menina de 14 anos descobre remédio que pode ajudar no combate ao coronavírus – Rádio Mix FM
Foto: (reprodução/internet)

Aqui está um compilado de informações importantes da semana sobre o coronavírus.

Caso tenha perdido o anterior: Resumo da semana sobre o Coronavírus: 13 de Outubro

1. O governo britânico está prestes a iniciar os primeiros testes de desafio humano da vacina contra o coronavírus do mundo

Nesse tipo de teste clínico, os participantes são propositalmente expostos ao vírus em um ambiente controlado.

ANÚNCIO

Este método difere de um ensaio usual de Fase 3 em que todos os participantes recebem uma das várias vacinas, e nenhum recebe um placebo como parte de um grupo de controle.

De acordo com The New York Times, “Na primeira etapa do estudo, os cientistas tentarão determinar as menores doses do vírus necessárias para infectar as pessoas. Os cientistas irão testar doses crescentes de vírus em até 90 voluntários saudáveis ​​de 18 a 30 anos de idade, até que atinjam um nível que os infecte de forma confiável.”

“Assim que tiverem decidido a dose – potencialmente no final da primavera, disse o governo – os pesquisadores começarão a comparar um conjunto de candidatos à vacina contra o coronavírus imunizando as pessoas e, em seguida, infectando-as deliberadamente”.

ANÚNCIO

Testes de desafio humano economizam tempo em relação ao método usual da Fase 3, mas alguns bioeticistas argumentam que não é ético expor pessoas a doenças incuráveis.

2. Evento de motociclistas provavelmente é responsável pelo surto de coronavírus em uma região dos EUA

O Sturgis Motorcycle Rally em Dakota do Sul provavelmente semeou o atual surto de coronavírus no Alto Centro-Oeste do país, relata o The Washington Post.

No evento de agosto com a presença de 500.000 fãs de motocicletas, poucos usavam máscaras ou praticavam o distanciamento social. Este mês, Dakota do Norte e do Sul, Montana e Minnesota lideraram os EUA em novas infecções per capita.

Certos políticos desinformados alegaram que as mortes por coronavírus são amplamente superadas e que, na verdade, totalizam muito menos do que o número atual nos Estados Unidos (que é de 221.000 até hoje).

Uma análise na Scientific American desmascara o mito de superação de mortes por coronavírus e explica como as mortes são registradas e contabilizadas no total. O resultado final é um número que coloca o coronavírus como a terceira causa de morte nos Estados Unidos, atrás apenas de doenças cardíacas e câncer.

3. Uma estudante do ensino médio encontrou uma molécula que pode destruir o coronavírus

Anika Chebrolu, de 14 anos, uma estudante do ensino médio de Frisco, Texas, ganhou o prestigioso 3M Young Scientists Challenge por seu projeto que explora uma fraqueza do vírus SARS-CoV-2.

Chebrolu projetou um modelo de computador que identificou uma molécula que pode se ligar à proteína spike do vírus, o que pode levar a novos medicamentos que podem se ligar a ela e destruí-la.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Mental Floss

ANÚNCIO