Saiba mais sobre a ortorexia, a obsessão por se alimentar bem

ANÚNCIO

Ter cuidado com o que come e pensar em nutrição são bons hábitos. No entanto, às vezes o que começa como boas intenções pode se tornar um padrão doentio.

Ortorexia: quando a alimentação saudável vira uma inimiga | Farma Conde  Saúde | G1
Foto: (reprodução/internet)

Quando uma alimentação saudável se torna uma obsessão prejudicial à saúde, pode ser uma condição conhecida como ortorexia.

ANÚNCIO

A tradução literal do termo ortorexia é “fixação na alimentação correta”. O conceito foi introduzido pela primeira vez pelo Dr. Steven Bratman na década de 1990.

Sheena Gregg, nutricionista registrada e diretora assistente do Departamento de Promoção da Saúde e Bem-Estar da Universidade do Alabama, explicou que a condição pode se desenvolver quando a alimentação correta se torna obsessiva na vida de uma pessoa.

Sheena Gregg: “Os sintomas naqueles descritos com ortorexia incluem uma obsessão pela escolha dos alimentos, especificamente no que diz respeito a como foi preparado e o nível de valor nutricional que possui.”

ANÚNCIO

A ortorexia afeta os relacionamentos

“Aqueles com ortorexia também podem colocar julgamento moral sobre os outros com base em suas escolhas alimentares e nível de consumo de alimentos ‘impuros’.”

Um diagnóstico oficial de saúde mental ainda não foi designado, mas os critérios para diagnosticar a ortorexia foram propostos este ano na revista especializada Eating Behaviors.

Sheena Gregg: “Aqueles que se dedicam à ortorexia ou ao pensamento ortoréxico podem ter uma qualidade de vida inferior devido ao isolamento social, especialmente no que se refere à sua vida girando em torno do planejamento das refeições.”

Mais temas relacionados: Estudo revela que muitos de nós considera ganhar peso um marco importante da vida, entenda

A dieta restrita também pode causar problemas físicos

Sheena Gregg: “Embora as escolhas de refeição ortorexia sejam centradas em alimentos que são percebidos como saudáveis, a qualidade geral da dieta pode ser prejudicial à saúde ou inadequada devido à limitação estrita ou eliminação de grupos de alimentos inteiros.”

O equilíbrio é o ingrediente essencial para compreender os papéis que os diferentes alimentos desempenham em um estilo de vida saudável.

Sheena Gregg: “A chave para ter uma abordagem equilibrada da alimentação consciente é compreender e aceitar que os alimentos são consumidos para nutrição e prazer.”

“Dar a nós mesmos permissão total para comer todos os alimentos nos permite explorar os desejos do nosso corpo sem culpa ou julgamento.”

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Best Food Facts

ANÚNCIO