Descubra como o uso de Opióides está ligado à perda da gravidez e dificuldade de concepção

ANÚNCIO

Embora a maioria das pesquisas tenha se concentrado na dependência de opióides, o uso não habitual e periódico de opióides também pode ter consequências negativas, especialmente para mulheres grávidas.

Um estudo realizado pelo National Institutes of Health revelou que o uso de opióides pode diminuir as chances de engravidar em mulheres que estão tentando engravidar. Publicado na revista Epidemiology, o estudo também descobriu que o uso de opióides no início da gravidez está associado a uma maior chance de aborto espontâneo.

ANÚNCIO

A equipe de pesquisa se concentrou na aspirina, que geralmente é prescrita em doses baixas para evitar a perda da gravidez. Os dados foram retirados do ensaio Effects of Aspirin in Gestation and Reproduction (EAGeR).

As participantes tinham histórico de uma ou mais perdas gestacionais. Suas idades variaram de 18 a 40 anos. As mulheres que não engravidaram foram acompanhadas em ciclos semestrais. Aquelas que engravidaram foram acompanhadas durante toda a gravidez. Os opiódios preceituados foram analisados a partir da urina.

Dos 1.228 participantes, 18% usaram opióides ao tentar engravidar. 5% usaram opioides no início da gravidez. Nenhum deles testou positivo para dependência de opióides.

ANÚNCIO

A equipe descobriu que o uso de opióides antes da concepção reduz em 29% as chances de gravidez, em comparação com mulheres que não estavam tomando opióides.

Gravidez de risco: sinais de alerta durante a gestação - Blog do Domingos Lourenço
Foto: (reprodução/internet)

Quando usado próximo à concepção, as mulheres tinham 1,5% mais probabilidade de sofrer um aborto espontâneo. O uso nas primeiras quatro semanas aumentou os riscos em duas vezes mais. Quando usado da quarta à oitava semana, o risco aumentou para 2,5 vezes.

Dados os fatores de alto risco, os autores solicitaram pesquisas adicionais sobre o efeito dos opioides na fertilidade e gravidez. Eles enfatizaram que esses fatores de risco devem ser considerados por médicos antes de prescreverem remédios.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO