Algo que vai te tranquilizar: os prazeres culpados ou “guilty pleasures” podem ser benéficos!

ANÚNCIO
Sempre com fome? Listamos 11 motivos que podem explicar - 12/11/2019 - UOL  VivaBem
Foto: (reprodução/internet)

A necessidade de conexões sociais é um dos princípios básicos entre os humanos, independentemente de reconhecermos ou não. Normalmente tendemos a atender a essa necessidade passando algum tempo cara a cara com nossos amigos.

Veja também: Conheça algumas pequenas mudanças na rotina que podem fazer muita diferença para melhorar a saúde

Mas existem outras maneiras de recarregar nossas baterias que são igualmente aceitáveis, mesmo que sejam comumente chamadas de prazeres culpados ou guilty pleasures, diz um novo estudo. O sentimento de pertença cumpre algo dentro de nós que o estudo escolhe chamar de sociômetro ou nosso tanque de combustível social.

ANÚNCIO

Normalmente reconhecemos e associamos essa realização com suporte social e conexões, como encontrar amigos ou passar tempo com a família. O estudo apresenta a opção de métodos não tradicionais, ou o que agora comumente chamamos de ‘prazeres culpados’, como métodos aceitáveis ​​e eficazes para tal satisfação.

Isso se refere a atividades como saborear sua pizza favorita, assistir a um programa extravagante ou qualquer coisa que agrade sua imaginação e faça você se sentir melhor e mais feliz. O estudo apresenta essas atividades alegres como formas aceitáveis ​​e eficazes de satisfazer a necessidade de conexões sociais.

“As pessoas podem se sentir conectadas por todos os meios. Descobrimos que estratégias mais tradicionais, como passar um tempo com um amigo pessoalmente, não funcionam necessariamente melhor para as pessoas do que estratégias não tradicionais, como ouvir um músico favorito”, diz Elaine Paravati, coautora do artigo.

ANÚNCIO

Ela continua: “Na verdade, o uso de uma combinação de ambos os tipos de estratégias previu os melhores resultados, então pode ser especialmente útil ter uma variedade de coisas que você faz em sua vida para ajudá-lo a se sentir conectado a outras pessoas.”

Os autores também observam que se as pessoas que não optam pelas formas tradicionais de realização social certamente podem olhar para essas opções não tradicionais, e isso pode estar ajudando.

Além disso, essas descobertas são especialmente relevantes em tempos de pandemias, quando o distanciamento físico e o isolamento dos modos de conexões sociais são uma norma mundial. Ceder a alguns prazeres culpados e inocentes pode acabar sendo útil.

Os resultados deste estudo foram publicados na revista Self and Identity.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO