Conheça o estudo em larga escala que descobriu toda a sequência do genoma por trás da Esquizofrenia

ANÚNCIO

Os estudos existentes sobre esquizofrenia enfocam o papel dos genes no desenvolvimento e sua herdabilidade. Agora, um estudo em grande escala trouxe à luz toda a sequência do genoma por trás da doença.

Neurocientistas descobrem gene relacionado à Esquizofrenia -
Foto: (reprodução/internet)

Publicado na Nature Communications, o estudo revelou algumas variantes genéticas estruturais raras que podem ser responsáveis ​​pela esquizofrenia. Estudos anteriores se concentraram em variações genéticas comuns.

ANÚNCIO

Veja também: Existe algum exame que diagnostica precocimente o Alzheimer?

Liderado pela Escola de Medicina UNC, este estudo foi realizado em colaboração com quatro universidades suecas. Os pesquisadores usaram um método conhecido como sequenciamento do genoma completo para analisar todo o genoma.

O estudo em grande escala examinou os genes de 1.165 pessoas com esquizofrenia, bem como 1.000 controles. Este é o maior estudo conhecido sobre os genomas por trás da esquizofrenia.

A equipe encontrou anomalias ou variantes estruturais no genoma que podem levar à esquizofrenia. Esses domínios topologicamente associados ou DTA’s são áreas em genomas que normalmente não interagem com DTA’s vizinhos.

ANÚNCIO

No entanto, em pessoas com esquizofrenia, a mudança ou quebra dos limites de DTA permite a interação de genes que são incomuns. Este estudo foi o primeiro a descobrir a associação DTA no desenvolvimento da esquizofrenia. Essas descobertas são uma pista valiosa para entender a esquizofrenia e desenvolver um remédio eficaz.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO