Como apoiar seus filhos durante a pandemia?

ANÚNCIO
Por que seu filho não deve ser seu confidente | VEJA
Foto: (reprodução/internet)

Como não ficar confuso e explicar a pandemia para seus filhos ou adolescentes da melhor maneira possível é talvez algo com que todos os pais já tiveram que lidar. As crianças olham para os pais em busca de apoio emocional e seguem pistas de seu comportamento para saber a melhor forma de reagir à situação.

Leia mais: O temperamento infantil pode determinar a personalidade na vida adulta?

Com base em recomendações Children’s National Health System, aqui estão algumas maneiras pelas quais você pode apoiar seus filhos e garantir que sua saúde mental não seja gravemente afetada:

ANÚNCIO
  • Certifique-se de que você e seus filhos tenham uma rotina adequada a seguir. Definir uma rotina irá trazer alguma disciplina.
  • Escolas e faculdades criaram técnicas de ensino doméstico, portanto, crie uma rotina de lição de casa e aprendizado para eles. Além disso, organize atividades relaxantes e divertidas de vez em quando, para que eles não se sintam pressionados ou entediados.
    Faça com que seus filhos se sintam seguros.
  • Seja honesto ao se comunicar com eles sobre como você se sente e, ao mesmo tempo, diga-lhes que é normal se sentir triste e chateado às vezes. Isso expressará seus sentimentos e os ajudará a lidar com o estresse.
  • Converse com eles sobre a pandemia e responda às suas perguntas de uma forma que eles conheçam os fatos, mas permaneçam esperançosos quanto ao futuro. Os reforços positivos sempre ajudam.
  • Exercer controle sobre a exposição de sua família às notícias e às mídias sociais. Você não quer que seus filhos fiquem hiperventilando por causa de algo que leem na internet. Se o fizerem, é importante que você saiba sobre isso e tenha um diálogo aberto com eles sobre o mesmo.
  • Ajude-os a se sentirem conectados com seus amigos, incentivando-os a falar com eles regularmente.
  • Faça-os comer refeições balanceadas, dormir bem, fazer exercícios e queimar suas energias. Isso os ajudará a permanecer felizes e ativos.
  • Por último, lembre-se de respeitar e homenagear os profissionais de saúde, funcionários do governo e pessoal de defesa em sua comunidade que têm lutado na linha de frente para controlar a propagação da doença. O mínimo que podemos fazer é reconhecer seu papel na proteção de nós e nossos entes queridos.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO