O aquecimento global aumentará a demanda por água e eletricidade mais do que pensávamos, entenda

ANÚNCIO

A mudança climática terá um efeito drástico em nosso consumo de água e eletricidade na próxima década.

Distribuidoras vão precisar entregar até 70,5% mais água para suprir demanda no país em 2040, diz estudo
Foto: (reprodução/internet)

Um estudo da Purdue University estimou que na próxima década o aquecimento global aumentará a demanda por água e eletricidade mais do que se pensava anteriormente.

ANÚNCIO

Quanto às previsões do estudo

Ele previu que até 2030 cidades como Chicago podem enfrentar 12% mais eletricidade por pessoa a cada verão. Se isso não for atendido, podemos enfrentar apagões em grande escala. A equipe utilizou dados de como os consumidores usam eletricidade e água simultaneamente, atingindo valores superiores aos estimados anteriormente.

A equipe de pesquisa da Purdue University, em colaboração com um cientista alemão, desenvolveu um modelo que estudou o uso misto de água e eletricidade em seis cidades no meio-oeste dos EUA, Chicago, Cleveland, Indianápolis, Columbus, Ohio, Madison, Minneapolis e Wisconsin.

Veja mais: O gelo do Ártico pode desaparecer até 2035, revela estudo

Eles escolheram a região Centro-Oeste porque ela tem estações distintas e levaram em consideração características climáticas que influenciam o uso misto de água e eletricidade, como velocidade do vento e umidade.

ANÚNCIO

Aumento médio na demanda por água e eletricidade

Existem funções como aquecer água ou usar a máquina de lavar louça que requerem uso misto. No nível da cidade, precisamos de uso misto para geração de eletricidade e água, bem como sua distribuição.

O modelo escolheu anos de dados de padrões climáticos e serviços de utilidade pública. A equipe previu que o aumento médio na demanda por água seria de 2 a 5% e de 10 a 20% para eletricidade. No geral, o Centro-Oeste usará 7% mais água e 19% mais eletricidade.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO