Mulheres com câncer recuperam a autoestima com aplicativos de relacionamento

ANÚNCIO

Os aplicativos de relacionamento vêm como uma ferramenta que permite a interação com diferentes pessoas no mundo. Inclusive com pessoas que enfrentam as mesmas dificuldades.

Algumas mulheres que enfrentaram doenças como o câncer tiveram seus relacionamentos amorosos abalados durante o tratamento. Elas perceberam que os os reflexos da saúde acabaram afetando esse processo.

ANÚNCIO

No entanto, de acordo com a BBC Brasil, Emily Frost foi uma dessas mulheres que encontrou seu namorado em um aplicativo de relacionamento durante sua luta contra o câncer e conseguiu se relacionar por 3 anos recuperando boa parte da sua auto estima.

Mulheres com câncer recuperam a autoestima com aplicativos de relacionamento
Fonte (reprodução/internet)

Confira abaixo como aplicativos de relacionamento podem ajudar a melhorar a autoestima dessas mulheres.

Aplicativos de relacionamento fortalecem a autoestima

Mulheres que enfrentam o câncer às vezes chegam a perder a autoestima devido aos efeitos colaterais ocasionados pelo tratamento, como perda ou ganho de peso e a queda dos cabelos. 

ANÚNCIO

“Quando eu estava na minha pior fase, paquerar online e conhecê-lo foi uma injeção de ânimo. Assim que a poeira baixou, percebi que não tinha lidado com os demônios que vinham com o câncer.”, comentou Emily Frost ao BBC Brasil.

Os aplicativos como Hinge, Tinder, Bumble e outros softwares de relacionamento, possibilitam que pessoas portadoras de câncer possam encontrar outras na mesma situação. A interação com diferentes usuários pode vir a ser um grande auxílio no combate a doença. 

E essa injeção de ânimo pode ser crucial para se manter saudável e ativo durante o tratamento, já que o psicológico estará sendo cuidado de forma saudável. 

Entidades que auxiliam no combate ao câncer

Existem algumas entidades que foram criadas com o intuito de auxiliar no combate à doença, fornecendo o apoio de voluntários que podem oferecer contribuições benéficas ao tratamento, segue abaixo uma lista de organizações:

  • Femama – Federação Brasileira de Instituições Filantrópicas de Apoio à Saúde da Mama é uma instituição sem fins lucrativos, que promove a disseminação de informações, visando garantir o acesso a mamografias de qualidade para um diagnóstico precoce;
  • Rede Feminina de Combate ao Câncer – Organização, também sem fins lucrativos, que visa dar assistência no tratamento a pessoas em situação de carência acometidas pela doença;
  • GAPC – O Grupo de Apoio a Pessoas com Câncer tem como fim ajudar famílias e portadores de câncer com suplementos alimentares, atendimento psicológico, medicamentos, atendimento nutricional, fraldas, assistência jurídica, cursos e palestras.

Além destas há diversas redes de apoio e organizações criadas para o atendimento de portadores de câncer, buscando ajudá-los nos processos jurídicos ou psicológicos.

ANÚNCIO