Acabar logo com a tarefa ou procrastiná-la? Estudo explora a forma como lidamos com essas decisões

ANÚNCIO

Nossa procrastinação em torno de certas decisões pode estar enraizada em como essas decisões nos fazem sentir emocionalmente.

Procrastinação: 9 formas de acabar de vez com o assunto
Foto: (reprodução/internet)

Um novo estudo conduziu um par de experimentos para descobrir que enquanto algumas pessoas tendem a procrastinar tarefas negativas, como uma consulta no dentista para fazer um tratamento de canal, outras optam por fazê-lo o mais rápido possível.

ANÚNCIO

Mais sobre comportamento: Mulheres são menos atraídas por homens que têm gatos em suas fotos de perfil de namoro, revela estudo

A equipe de pesquisadores conduziu dois experimentos como parte deste estudo. O primeiro envolveu a colocação de dois anúncios em uma rede de mídia social sobre planejamento de aposentadoria.

Enquanto o primeiro dizia ‘Ansioso por benefícios de aposentadoria?’, O outro que desfrutava de uma taxa de cliques 43% maior envolvia as palavras, ‘Preocupado com as despesas de aposentadoria?’

O segundo experimento buscou compreender experiências positivas e negativas por meio de sabores de jujubas. Os pesquisadores usaram jujubas com sabores que variam de agradáveis, como melancia, a super desagradáveis, como ovos podres.

ANÚNCIO

“Quando você está reservando férias, você está indiretamente curtindo as férias, o que é ótimo, mas também está comparando isso com sua situação atual, o que é ruim. Então você tem essa mistura”, disse um dos autores e professor assistente da UBC Sauder, David Hardisty.

Ele continua: “E para perdas, é mais um mau pressentimento unidimensional. Quando você tem uma consulta no dentista chegando, você não gosta de pensar na dor na cadeira odontológica.”

O autor também aponta as aplicações práticas deste estudo, agora publicado no Journal of Consumer Psychology, para decisões como financiamento de veículos e planos de aposentadoria.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO