Eis o porquê de você ter medo de palhaços

ANÚNCIO

O medo total de palhaços, ou coulrofobia, é raro, mas muitas pessoas não suportam palhaços. Por quê?

Sigmund Freud identificou um fenômeno que chamou de “o sinistro”. É quando uma imagem reconhecível é distorcida, mas ainda é familiar, resultando em uma justaposição inquietante. Isso é comum em filmes de terror: um rosto podre, uma boneca malvada… ou um palhaço.

ANÚNCIO

Alguns psicólogos pensam que os palhaços se encaixam no molde “sinistro”: eles são familiares (são humanos, estão sorrindo), mas estão distorcidos (maquiagem, sorrisos permanentes).

Rolling Stone · Novo It: A Coisa está em desenvolvimento com material  inédito, revela site
Foto: (reprodução/internet)

A máscara da maquiagem tem o objetivo de evocar alegria e felicidade, mas para alguns ela cria desconfiança. A felicidade permanente ou o sorriso são antinaturais e assustadores, e escondem a humanidade do palhaço, que inconscientemente passa a ser indigna de confiança.

Da mesma forma, os palhaços têm um longo período de escuridão que traz à tona o sinistro. Os bobos da corte da Idade Média eram mutilados se não conseguissem fazer a corte rir: seus rostos eram transformados em um sorriso permanente com a remoção de músculos. (Semelhante ao Joker interpretado por Heath Ledger em “Batman: O Cavaleiro das Trevas”).

ANÚNCIO
The Dark Knight – Films sur Google Play
Foto: (reprodução/internet)

Claro, a coulrofobia pode ser atribuída a palhaços assassinos, tanto fictícios (Pennywise de “It: a coisa”, de Stephen King), ou reais. Como John Wayne Gacy, que trabalhou como palhaço de uma festa infantil chamado Pogo na área de Chicago … até ser preso pelo assassinato de 33 adolescentes.

Leia também: Confira os 12 melhores filmes e séries de Stephen King que você deve ver agora mesmo

Killer Clown Profile remonta o caso do palhaço assassino Pogo
Foto: (reprodução/internet)

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Portable Press

ANÚNCIO