Conheça Koko, a gorila mais famosa do mundo

ANÚNCIO

Koko foi provavelmente o primata da vida real mais famoso de todos os tempos. Isso porque ela era notável. Koko era um gorila que aprendeu a se comunicar com seres humanos por meio da linguagem de sinais.

Ela faleceu em 2018, aos 46 anos – aqui está uma retrospectiva de sua vida notável.

ANÚNCIO

NASCIMENTO

Koko era especificamente um gorila das planícies ocidentais. Nascida no Zoológico de São Francisco em 1971, ela passou sua vida na The Gorilla Foundation, localizada nas montanhas de Santa Cruz, no centro da Califórnia.

Leia também: Leia 5 curiosidades sobre A Máfia dos Tigres, série da Netflix sobre um crime real

NOME

“Koko” era apenas um apelido. Seu nome completo é Hanabiko, que em japonês significa “criança dos fogos de artifício”. Isso porque Koko nasceu no dia 4 de julho, um grande feriado de fogos de artifício nos EUA.

FAMA

Koko, a gorila treinada na linguagem de sinais - e exemplo de empatia -, morre na Califórnia
Foto: (reprodução/internet)

O que lhe trouxe sua maior fama foi sua incrível habilidade de conversar com humanos e dar a todos nós um vislumbre de como funciona a mente de um gorila.

ANÚNCIO

Ela podia ouvir conversas, segui-las e usar linguagem de sinais para falar. No momento de sua morte, ela tinha um vocabulário em língua de sinais americana de mais de 2.000 palavras.

ANIMAIS DE ESTIMAÇÃO

Além de suas habilidades de comunicação, Koko também ganhou fama e carinho por ser uma das amantes de gatos mais dedicadas do mundo.

A jovem gorila gostava tanto de ver livros ilustrados e de histórias baseados em gatos que, em 1984, pediu um gatinho à sua equipe de pesquisadores.

Eles forneceram um gatinho de pelúcia, mas Koko não gostou – ela sinalizou “triste” em relação ao brinquedo. E então, em seu próximo aniversário, ela pôde escolher seu próprio gatinho de verdade.

O primeiro, que ela chamou de All Ball, tornou-se mundialmente famoso como a estrela do livro infantil best-seller de 1985, Koko’s Kitten.

Koko, the gorilla who knew sign language, dies at 46 - Chicago Tribune
Foto: (reprodução/internet)

Infelizmente, All Ball escapou do recinto de Koko e foi atropelado por um carro (Koko supostamente chorou por dias e assinou: “Dorme o gato”). Futuramente, ela ganhou mais dois gatinhos.

“FAMÍLIA”

A Gorilla Foundation trouxe um gorila órfão chamado Michael como um companheiro em potencial para Koko. Em vez disso, eles se tornaram melhores amigos.

Quando questionada por que ela não queria cruzar com Michael, Koko disse que se sentia “como um irmão”.

LUTO

Nos seis meses após a morte de Michael, Koko estava desanimada – os pesquisadores disseram que ela não sorria, não assinava muito e comia menos. Em outras palavras, ela estava de luto.

Em 2001, os pesquisadores trouxeram um convidado – o comediante e ator Robin Williams. O comediante frenético e enérgico ajudou Koko a sair da depressão enquanto eles riam e jogavam.

Robin Williams mourned by Koko the gorilla
Foto: (reprodução/internet)

Eles permaneceram amigos, tanto que, quando Williams morreu em 2014, Koko percebeu que algo estava errado entre seus cuidadores e perguntou o que havia acontecido. Disseram-lhe que Williams morreu e ela entrou em luto.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Portable Press

ANÚNCIO