O efeito placebo em psicodélicos pode ser mais forte do que pensamos, revela estudo

ANÚNCIO
Terapia psicodélica | Super
Foto: (reprodução/internet)

O debate em torno do uso de substâncias psicodélicas é especialmente intenso com um argumento popular a favor de seu uso para aliviar a depressão e a ansiedade.

No entanto, as observações feitas por um novo estudo podem ter aberto alguns novos caminhos a serem considerados.

ANÚNCIO

O estudo de braço único descobriu que o efeito placebo em psicodélicos, especialmente nas configurações certas, pode ser mais forte do que relatado anteriormente.

Como foi feito o estudo?

Os estudos de braço único referem-se a qualquer pesquisa que dê o mesmo tratamento a todos os participantes. Nesse caso, 33 participantes envolvidos foram observados quanto aos efeitos do placebo em vez de drogas psicodélicas.

Eles foram colocados em uma configuração que lembra uma festa psicodélica, com elementos como assistentes de pesquisa em jalecos, psiquiatras, guardas de segurança, para cumprir a ilusão.

ANÚNCIO

Veja também: Os rótulos de advertência realmente reduzem a ingestão prejudicial de álcool e alimentos?

Observados por quatro horas em sala, os participantes esperavam fazer parte de um estudo que verificou os efeitos das drogas na criatividade.

Embora todos tenham recebido um placebo, eles ficaram com a impressão de estar consumindo um ingrediente ativo derivado de cogumelos psicodélicos.

A multidão também foi intercalada com atores que deveriam representar os efeitos de tais drogas. Quando questionados sobre sua experiência com a ‘droga’, cerca de 61% dos participantes relataram uma variedade de efeitos, de leves a altos.

O que esses resultados nos mostram?

“O estudo reforça o poder do contexto em ambientes psicodélicos.”, disse Jay Olson, um Ph.D. candidato no Departamento de Psiquiatria de McGill e o principal autor do artigo de pesquisa.

“Com o recente ressurgimento da terapia psicodélica para transtornos como depressão e ansiedade, os médicos podem aproveitar esses fatores contextuais para obter experiências terapêuticas semelhantes com doses mais baixas, o que melhoraria ainda mais a segurança dos medicamentos”.

O estudo observa que, sabendo que o contexto e as expectativas moldam os efeitos psicodélicos do placebo, os pesquisadores podem isolar os efeitos dos medicamentos para ajudar os médicos a maximizar o potencial terapêutico. Os resultados deste estudo foram publicados na revista Psychopharmacology.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Organic Facts

ANÚNCIO