Cientistas criam câmera que registrou a maior foto da história – Confira

ANÚNCIO

Um marco na ciência foi dado recentemente. A maior foto do mundo, de 3.200 megapixels, foi tirada nos Estados Unidos, pela Câmera da Investigação do Espaço-Tempo (LSST, em inglês).

Os cientistas a montaram no Laboratório Nacional de Aceleradores SLAC, e afirmaram que, para visualizar a imagem tirada pela ultra câmera, seriam necessárias 378 telas de resolução 4K por conta do tamanho.

ANÚNCIO

O experimento teve como modelo experimentos da cientista Vera Rubin. Os descobrimentos da intelectual navegam pela matéria escura, o que auxiliou a maior parte do desenvolvimento da câmera. A máquina contribuirá para estudos astronômicos.

Cientistas criam câmera que registrou a maior foto da história - Confira
Fonte: (Reprodução/Internet)

Câmera vai fotografar a galáxia por 10 anos

A câmera será instalada no ano que vem no Observatório Vera C. Rubin, no monte Pachón, deserto do Atacama, Chile. A altitude é de 2.600 metros, pois a ferramenta servirá para estudos da galáxia.

A localidade foi escolhida por conta do céu aberto e limpo, o que possibilitará a visualização clara de quaisquer objeto distante. Em pequenos intervalos, a câmera deve fotografar o Hemisfério Sul durante uma década.

ANÚNCIO

Com a descoberta, serão possíveis estudos a respeito das mudanças, movimentos e transformações de uma gigante quantidade de estrelas e galáxias. O observatório que homenageia a criadora de um dos objetos de estudo, inaugura possivelmente em 2022.

Contribuição para a astronomia

A matéria escura e a energia escura de Rubin são possíveis teorias que serão comprovadas ou não. Ao notar que os movimentos de galáxias e estrelas distorcem o tecido de espaço-tempo, Rubin afirmou que deve existir uma matéria invisível no cosmo.

Tal matéria invisível existiria porque, após a observação de diversas galáxias, Vera Rubin percebeu que elas rodavam muito rápido para conterem apenas matéria visível.

Além de investigar essas pesquisas, a câmera pode servir como um aviso para telescópios antes de alguns fenômenos ocorrerem, como a eclosão de uma estrela.

ANÚNCIO