Conheça a trágica história das primeiras supermodelos das Américas

ANÚNCIO

Supermodelos geralmente são mulheres. Essas mulheres são capazes de ganhar grandes somas de dinheiro apenas para vestir roupas e tirar fotos! Conheça as primeiras supermodelos das Américas.

Audrey Munson

Audrey Munson: The Story Of America's First Supermodel Who Died In An Asylum
Foto: (reprodução/internet)

Historicamente, a primeira mulher a se tornar uma supermodelo na América foi Audrey Munson. Ela viveu até os 104 anos, mas sua história não foi feliz. Ela passou os últimos 65 anos de sua vida em um asilo devido ao impacto da esquizofrenia e da depressão.

ANÚNCIO

Por muitas décadas, ninguém a visitou, mas recentemente houve um renascimento do interesse público pela vida dela quando um documentário foi feito sobre sua jornada em 2010, pelo cineasta Roberto Serrini.

Sua história apareceu em vários sites de notícias. É incrível como alguém tão famoso se tornou praticamente desconhecido. Em 2016, foi publicado um livro sobre sua vida chamado American Venus: The Extraordinary Life de James Bone.

O declínio de sua saúde mental começou quando um homem chamado Wilkins se apaixonou por ela e depois matou a própria esposa para ficar à disposição de Audrey. Wilkins foi então condenado por assassinato e sentenciado à morte, mas cometeu suicídio antes da execução acontecer.

ANÚNCIO

Munson fugiu para o Canadá para manter distância de Wilkins, mas parece que ela nunca se recuperou do trauma deste incidente. Ela foi uma modelo principalmente para escultores.

A New Book Tells the Unbelievable Life Story of America's First Supermodel | Vogue
Foto: (reprodução/internet)

Mas também se desenvolveu como atriz de cinema e era mais conhecida por sua nudez. Inclusive, já foi presa por isso em um palco.

Provavelmente outro fator que contribuiu para seu declínio foi a polêmica que cercou seu trabalho e as críticas que se seguiram. Apenas um de seus filmes sobreviveu até os dias atuais, e é “Pureza”, que foi feito em 1916.

File:Purity-scenefromthefilm-1916.jpg
Audrey Munson em “Pureza”. Foto: (reprodução/internet)

Ela também tem um apelido incomum: “Garota Panamá-Pacífico”, porque sua imagem apareceu em forma de estátua 90 vezes no Exposição Internacional Panamá-Pacífico em 1915.

Evelyn Nesbit

Evelyn Nesbit | Evelyn nesbit, Vintage photography, Vintage portraits
Fonte: (reprodução/internet)

Evelyn Nesbitt também teve uma vida altamente controversa que envolveu um assassinato entre 2 de seus amantes. Seu marido era um homem chamado Harry Thaw, que atirou e matou um rival chamado Stanford White.

Thaw foi inicialmente declarado insano e fugiu para o Canadá. Em 1915, foi declarado são nos Estados Unidos e foi libertado da custódia, mas é claro, a publicidade tornou Evelyn Nesbitt famosa por todos os motivos errados.

Como as fotos estavam sendo usadas em jornais e revistas, isso abriu um campo de modelagem conhecido como modelos ao vivo. Joel Feder, um fotógrafo de moda, foi um dos primeiros a usá-la e ela ganhava 10 dólares por dia, o que é cerca de 300 dólares no dinheiro de hoje.

Photograph Depicting Celebrity Evelyn Nesbit (1884-1967). Black and | Lot #90404 | Heritage Auctions
Fonte: (reprodução/internet)

Como costuma acontecer, o aluguel alto em Nova York causou-lhe problemas financeiros. Ela também lutou com a má gestão de sua mãe. Eventualmente, em 1955, um filme foi feito sobre ela, chamado “A Garota no Balanço de Veludo Vermelho” e ela recebeu 10 mil dólares. Isso foi depois que se recuperou do alcoolismo e de uma tentativa de suicídio.

A Menina No Balanço De Veludo Vermelho - 1955-Trilha Sonora Original Do Filme-Cd | eBay
Foto: (reprodução/internet)

Seu vício por dinheiro fácil e os homens que a cobiçavam garantiam que ela levaria uma vida problemática. Isso provou ser a regra e não a exceção para muitas supermodelos que trilharam um caminho semelhante.

As primeiras supermodelos tiveram que experimentar fama e fortuna de uma maneira que outras mulheres na história das américas nunca haviam feito antes. É uma pena que tenham tido uma vida tão triste por causa disso.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Kickass Facts 

ANÚNCIO