Conheça 3 bandas mundialmente famosas que tem um integrante “invisível”

ANÚNCIO

Às vezes, a banda inclui mais do que apenas os caras no palco. Aqui está uma olhada nos membros mais notáveis ​​da banda de rock … que realmente não fazem parte da banda.

Hugh McDonald, o baixista invisível em Bon Jovi

O que aconteceu com a voz de Jon Bon Jovi com o passar dos anos?
Foto: (reprodução/internet)

Bon Jovi montou sua banda de hard rock, Bon Jovi, em 1983, que incluía o baixista Hugh McDonald, que tocou no primeiro single do grupo, “Runaway”.

ANÚNCIO

A música foi um sucesso local e, quando o grupo conseguiu um contrato com uma gravadora, Bon Jovi substituiu alguns dos membros de sua banda, incluindo McDonald, por um novo baixista, Alec John Such.

Leia também: We will ROCK you: o principal guitarrista do Queen sabe mais sobre rochas espaciais do que você imagina

Exceto que… ele não fez isso de fato. Such foi creditado como o baixista de cinco álbuns do Bon Jovi que venderam vários milhões, mas era realmente McDonald quem estava tocando. Por que Such, que supostamente não era um músico tão talentoso quanto McDonald, foi apresentado como o baixista do Bon Jovi?

McDonald era uma década mais velho que Jon Bon Jovi, Such e os outros membros da banda. Quando a banda se tornou ídolo adolescente na década de 1980, a juventude (e a aparência jovem) eram importantes, e McDonald não se encaixava nesse perfil. Em 1994, McDonald “substituiu” Such.

ANÚNCIO

Don Airey, tecladista invisível no álbum de Ozzy Osbourne

Don Airey, tecladista que gravou Mr. Crowley, com Ozzy Osbourne, disponibiliza novo single - A Rádio Rock - 89,1 FM - SP
Foto: (reprodução/internet)

Airey tocou teclado para as maiores bandas do heavy metal, incluindo Rainbow, Black Sabbath, e para a carreira solo de Ozzy Osbourne.

Airey tocou no álbum de Osbourne de 1981, Blizzard of Ozz, e Osbourne o convidou para fazer parte da turnê que se seguiu. Mas com uma condição: Airey não poderia estar no palco.

Embora os teclados de Airey tivessem destaque na Blizzard, Osbourne não achava que os teclados fossem um instrumento muito “heavy metal”. Então ele planejou manter Airey nos bastidores, sem ser visto pelo público e até mesmo pelo resto da banda.

Airey recusou esse arranjo, então ele e Osbourne chegaram a um acordo: Airey tocaria de dentro de uma área especial no cenário onde ele e a banda pudessem se ver… mas o público não poderia ver Airey.

Darryl Jones, baixista ignorado em Rolling Stones

Darryl Jones revela como é ser baixista dos Rolling Stones
Foto: (reprodução/internet)

Em 1993, os Rolling Stones anunciaram que o baixista e membro original Bill Wyman estava deixando o grupo depois de mais de 30 anos.

O baterista Charlie Watts selecionou um novo baixista para a banda: Darryl Jones, que fez turnês e tocou em shows com artistas importantes, incluindo Sting, Cher, Miles Davis, Eric Clapton e Herbie Hancock.

Mas Jones nunca foi o substituto “oficial” de Wyman ou mesmo um membro oficial da banda. Ele pagou um bom salário para fazer uma turnê com a banda e tocar em seus álbuns, mas ele está listado como um colaborador, não como um membro da banda.

Apesar de já estar com os Rolling Stones há 20 anos, Jones não compartilha dos royalties da banda.

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Portable Press

ANÚNCIO