Relembre as últimas linhas de 5 livros mundialmente famosos

ANÚNCIO

Embora você possa se lembrar do que acontece no final de todos (ou pelo menos da maioria) dos livros que lê, as exatas palavras impressas na última página talvez não estejam tão claras em sua mente.

Fora do contexto, essas frases finais não revelam muito sobre o enredo, se é que revelam alguma coisa. Muitas delas – como em Adoráveis Mulheres, de Louisa May Alcott, e O Grande Gatsby, de F. Scott Fitzgerald, são clássicos tão famosos que mal precisamos adicionar “alertas de spoiler”.

ANÚNCIO

Mas há alguns romances mais recentes na lista, como As vantagens de ser invisível, de Stephen Chbosky, então proceda com cuidado se você gosta de ler seus livros do início ao fim.

1. AS VANTAGENS DE SER INVISÍVEL (1999), DE STEPHEN CHBOSKY

“Então, se esta acabar sendo minha última carta, por favor, acredite que as coisas estão bem comigo, e mesmo quando não estiverem, estarão em breve. E eu vou acreditar o mesmo para você. Com amor, Charlie.”

Enquanto o romance sobre a maioridade de Stephen Chbosky subia na lista dos mais vendidos em 1999, algumas pessoas tentaram proibi-lo por sua discussão franca sobre homossexualidade, abuso sexual e abuso de substâncias, por exemplo.

ANÚNCIO

Um filme baseado no livro foi lançado em 2012, dando início a uma nova geração de fãs.

As vantagens de ser invisível | Amazon.com.br
Foto: (reprodução/internet)

2. MULHERZINHAS (1868), DE LOUISA MAY ALCOTT

“Oh, minhas meninas, por mais tempo que vocês vivam, eu nunca poderei desejar a vocês uma felicidade maior do que esta.”

Mulherzinhas: Edição completa do livro que inspirou o filme Adoráveis mulheres | Amazon.com.br
Foto: (reprodução/internet)

Louisa May Alcott não se intimidou quando os fãs imploraram para que Jo se casasse com Laurie. “Não vou casar Jo com Laurie para agradar a ninguém”, escreveu ela em seu journal.

O livro inspirou o filme “Adoráveis Mulheres” (2019), da diretora Greta Gerwing.

Do livro às telas, 'Adoráveis Mulheres' é indicado para seis categorias do Oscar - Costa Leste News
Foto: (reprodução/internet)

3. O SOL É PARA TODOS (1960), DE HARPER LEE

“Ele apagou a luz e foi para o quarto de Jem. Ele estaria lá a noite toda, e ele estaria lá quando Jem acordasse pela manhã.”

To Kill a Mockingbird | Amazon.com.br
Foto: (reprodução/internet)

O romance de Harper Lee venceu o prêmio Pulitzer e ganhou uma adaptação para o cinema em 1962.

O Sol É Para Todos - Filme 1962 - AdoroCinema
Foto: (reprodução/internet)

4. O GRANDE GATSBY (1925), DE F. SCOTT FITZGERALD

“Então nós seguimos em frente, barcos contra a corrente, incessantemente trazidos de volta ao passado.”

GEOCRUSOE: "O Grande Gatsby" de F. Scott Fitzgerald
Foto: (reprodução/internet)

O livro ganhou um filme em 2013, protagonizado pelo magnífico Leonardo DiCaprio.

O Grande Gatsby (2013) – Wikipédia, a enciclopédia livre
Foto: (reprodução/internet)

5. PERFUME: A HISTÓRIA DE UM ASSASSINO (1985), DE PATRICK SÜSKIND

“Quando eles finalmente ousaram, primeiro com olhares roubados e depois com olhares sinceros, eles tiveram que sorrir. Eles estavam excepcionalmente orgulhosos. Pela primeira vez, eles fizeram algo por amor. ”

O Perfume — História de um Assassino -Patrick Suskind (Novo)- Coisas
Foto: (reprodução/internet)

Este best-seller alemão de Patrick Süskind segue um órfão francês cujo olfato aguçado o leva a problemas. Em 2006 foi lançado um filme baseado na obra, e em 2018 a rede de streaming Netflix lançou uma série.

Perfume: The Story of a Murderer – Wikipédia, a enciclopédia livre
Foto: (reprodução/internet)

Traduzido e adaptado por Agora Sabe

Fonte: Mental Floss, WordTips 

ANÚNCIO